Risadas :]

Para a sua diversão

Archive for dezembro \22\UTC 2008

Mamãe, mamãe

Posted by Meerstempel Badist em 22, dezembro, 2008

Mamãe, mamãe… o leiteiro chegou. Tem dinheiro para  pagar ou eu tenho que ir brincar lá fora???

– Mamãe, mamãe… porque estamos empurrando o carro até o precipício?
– Fique quieto senão vai acordar seu pai…

– Mamãe, mamãe… o que é um orgasmo?
– Não sei querido, pergunte pro seu pai.

– Mamãe, mamãe… na escola me chamaram de mafioso.
– Amanhã mesmo vou resolver isso meu filho…
– Bem… mas faça tudo parecer um acidente, mamãe…

– Mamãe, mamãe… eu não quero conhecer meu avô…
– Cale-se e continue cavando.

– Mamãe, mamãe… uma menina de 8 anos pode engravidar???
– Ai… claro que não….
– Yupi…Yupiii…

– Mamãe, mamãe… deixei as drogas…
– Graças à Deus!
– Sim… mas não me lembro aonde.

– Mamãe, mamãe… me leva no circo???
– Não, filho… Se querem te ver, que venham aqui em casa..

– Mamãe, mamãe… no colégio um menino me chamou de mariquinha…
– E porque você não bate nele???
– Aii, é que ele é tão lindo…

– Mamãe, mamãe… eu já tenho 13 anos, me compra um sutiã??
– Não.
– Vamos Mamãe… compra um sutiã pra mim…
– Eu já te disse NÃO !!!
– Mas mamãe, eu já tenho 13 anos…
– Não me amole , Artur…

– Mamãe, mamãe… por que a noiva esta vestida de branco?
– Porque é o momento mais feliz de sua vida.
– Ah.. … e por que o noivo esta vestido de preto?
– Cala a boca!

– Mamãe, mamãe… na escola me chamaram de dentuço….
– Não lhes dê bola, Marcos… e feche a boca que está riscando o chão.

Anúncios

Posted in Diálogos, Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , | 2 Comments »

Um pouquinho para o santo

Posted by Meerstempel Badist em 20, dezembro, 2008

Num bar chega um freguês e pede para o balconista uma pinga. O balconista serve uma dose de pinga acima da media, o cara toma tudo de uma vez.
O balconista o adverte:
– Aqui neste bar todos que tomam uma pinga jogam um pouco no chão e oferecem para o santo.

O freguês muito mal educado vira para o balconista e lhe dá uma banana dizendo:
– Pro santo eu dou uma banana!!

E faz o gesto com o braço. Neste momento seu braço endurece de tal forma que não mexe de jeito algum. Desesperado diz ao balconista:
– Meu deus, o que aconteceu?

O balconista responde:
– O Sr. ofendeu o santo e ele o castigou, mas como é a primeira vez que o Sr. vem ao bar vou resolver seu problema.

Chama todos os fregueses e pede para todos rezarem e fazerem uma corrente de orações. Enquanto todos rezam o braço do sujeito vai voltando ao normal.

Um velhinho vê tudo e fica espantado com a cena. Vai ao balconista e  pede uma pinga, toma tudo de uma vez.
O balconista pergunta:
– E pro santo??

O velhinho abaixa as calças, tira o pinto pra fora e diz:
– Oh pro santo!

O pinto dele endurece na hora. Ele tira um 38 da cintura e diz:
– Se alguém rezar aqui eu mato!!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Marilhada #001

Posted by Meerstempel Badist em 18, dezembro, 2008

Inauguraremos uma nova categoria no blog, Marilhada. Aqui vamos mostrar as mancadas das pessoas em todos os sentidos, mas preferencialmente no trabalho. Segue o primeiro exemplo retirado do Bobagento

marilhada001

Visite a Comunidade do Orkut relativa a essa categoria. Marilhada

Posted in Marilhada | Etiquetado: , , , , , , , , | 1 Comment »

Mensagens em produtos

Posted by Meerstempel Badist em 18, dezembro, 2008

Num secador de cabelos:
“NAO USE QUANDO ESTIVER DORMINDO”
(Sei lá, você pode querer ganhar tempo.)

Na embalagem do sabonete anti-séptico Dial:
“INDICAÇÕES: UTILIZAR COMO SABONETE NORMAL”
(Boa! Cabe a cada um imaginar pra que serve um sabonete anormal)

Em alguns pacotes de refeições congeladas Swan:
“SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR PRIMEIRO”
(É só sugestão, tá ok? De repente o pessoal pode estar a fim de chupá-las como picolé.)

Numa touca para a ducha:
“VÁLIDO PARA UMA CABEÇA”
(Alguém muito romântico poderia colocar a sua e a da amada na mesma touca.)

Na sobremesa Tiramisú da marca Tesco, impresso no lado de baixo da caixa:
” NÃO INVERTER A EMBALAGEM”
(Opa! Se você leu o aviso, é porque já inverteu!)

No pudim da Marks & Spencer:
“ATENÇÃO: O PUDIM ESTARÁ QUENTE DEPOIS DE AQUECIDO”
(Brilhante!)

Na embalagem do ferro de passar Rowenta de fabricação alemã:
“NÃO ENGOMAR A ROUPA SOBRE O CORPO”
(Gostaria de conhecer a infeliz criatura que não deu ouvidos a este aviso)

Num medicamento pediátrico contra o catarro infantil, da Boots:
“NÃO CONDUZA AUTOMÓVEIS NEM MANEJE MAQUINÁRIA PESADA DEPOIS DE TOMAR ESTE MEDICAMENTO”
(Tantos acidentes poderiam ser evitados se fosse possível manter esses
travessos miúdos de 4 anos longe dos volantes dos carros e dos tratores Caterpillar)

Nas pastilhas para dormir da Nytol:
“ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA”
(Pode não, deve! Foi prá isso que eu comprei).

Numa faca de cozinha:
“IMPORTANTE: MANTER LONGE DAS CRIANÇAS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO”
(Será que lá os cachorros e gatos são ninjas disfarçados? Nunca vi nenhum mexer em faca!)

Numa caixa de luzes para decoração de Natal:
“USAR APENAS NO INTERIOR OU NO EXTERIOR”
(Alguém pode me dizer qual é a 3ª opção?)

Nos pacotes de amendoim da Sainsbury:
“AVISO: CONTÉM AMENDOINS”
(Mania de estragar as surpresas!)

Numa serra elétrica da Husqvarna, de fabricação sueca:
“NÃO TENTE DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS”
(Kit de castração caseira?)

Num saquinho de batatas fritas:
“VOCÊ PODE SER O VENCEDOR. NÃO É NECESSÁRIO COMPRAR. DETALHES DENTRO”.
(sem comentários)

Numa fantasia infantil de Super-Homem:
“O USO DESSE TRAJE NÃO O TORNA APTO A VOAR”.
(Olha como isso destrói a imaginação da criança!)

Posted in Textos Engraçados | Etiquetado: , , , , , , , , , | 2 Comments »

Toda a verdade

Posted by Meerstempel Badist em 17, dezembro, 2008

Dois coleguinhas estavam conversando. Um deles disse:

– Eu descobri um jeito muito fácil de ganhar dinheiro!
– Ah, é? Como?
– É simples. Você chega pro seu pai e fala: “Pai, eu sei de toda a verdade.”
– Ele vai te dar dinheiro na hora!

O garoto se animou e foi falar com o pai:

– Pai, eu sei de toda a verdade!
– Oh não, por favor, não conte nada pra sua mãe! Toma, eu te dou 5 reais!

O moleque saiu todo feliz, com o dinheiro, e decidiu fazer a mesma coisa com a mãe…

– Mãe, eu sei de toda a verdade!!!!
– Oh não, meu filho… não conte nada pro seu pai, senão ele me mata… por favor… eu te dou 10 reais!

O garoto se empolgou, estava muito animado, e pensou:
“Vou sair por ai na rua fazendo a mesma coisa com todo mundo”…

Nessa hora, estava passando o carteiro.
O menino, é claro, não perdeu a oportunidade:

– Eu sei de toda a verdade!!!!
O carteiro, surpreso, disse:
– É mesmo? Então vem cá me dar um abraço, filhão!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

Placas Estranhas #9

Posted by ulires em 12, dezembro, 2008

morte permitida

Posted in Placas Estranhas | Etiquetado: , , , , , , | 5 Comments »

Depilação Masculina

Posted by ulires em 4, dezembro, 2008

Enviada por Aldo Mariano, de Iúna/ES

Só um comentário: é a coisa mais engraçada que já li!
E um aviso: não leia no escritório (pelo menos não com seu chefe por perto;)

Fonte desconhecida! Se for você, deixe um comentário! Se não for, deixe também! :]

Depilação Masculina

Dias atrás você leu aqui um conto sobre as indas e vindas de uma moçoila incauta em sua primeira sessão de depilação. Este aqui conta as desventuras de um coitado sendo depilado pela querida esposa.

Estava eu assistindo tv numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada o que fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando minha esposa deitou ao meu lado e ficou brincando com minhas queridas “partes”. Após alguns minutos ela veio com a seguinte idéia:
– “Por que não depilamos seus ovinhos, assim eu poderia fazer ‘outras coisas’ com eles!!! Hein, hein?”
Aquela frase foi igual um sino na minha cabeça. Por alguns segundos fiquei imaginando o que seriam “outras coisas”. Respondi que não, que doeria… coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu não tive mais como negar. Concordei. Ela me pediu que ficasse pelado enquanto buscaria os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei olhando para TV, porém minha mente estava vagando pelas novas sensações que só acordei quando escutei o beep do microondas.

Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei meio estranho aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de “dona da situação” que deixaria qualquer médico urologista sentindo-se como residente. Fiquei tranqüilo e autorizei o restante do processo. Pediu para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e liberasse o acesso a zona do agrião. Pegou meus ovinhos como quem pega duas bolinhas de porcelana e começou a passar cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa!!! O Sr. Pinto já estava todo “pimpão” como quem diz: “…sou o próximo da fila!”

Pelo início, fiquei imaginando quais seriam as “outras coisas” que viriam. Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou ambos no plástico com tanto cuidado que eu achei que iria levá-los para viajem. Fiquei imaginando onde ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Thailândia, na China ou pela Internet mesmo??? Porém, alguns segundos depois ela esticou o saquinho para um lado e deu um puxão repentino. Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro PQP quase falado letra por letra.

Olhei para o plástico para ver se o couro do meu saco não tinha ficado grudado na cera. Ela disse que ainda restaram alguns pelinhos e que precisava passar de novo. Respondi prontamente:
– “Se depender de mim eles vão ficar aqui por toda a eternidade!! – Segurei o Dr. Esquerdo e o Dr. Direito em minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazônica em extinção, e fui para o banheiro. Sentia o coração bater nos ovos. Abri o chuveiro e foi a primeira vez que molhei o saco antes de molhar a cabeça.

Passei alguns minutos só deixando a água escorrer pelo meu corpo. Saí do banho, mas nesses momentos de dor qualquer homem vira um bebezinho novo: faz merda atrás de merda. Peguei meu gel pós barba com camomila “que acalma a pele”, enchi as mãos e passei nos ovos. Foi como se tivesse passado molho de pimenta. Sentei na privada, peguei a toalha de rosto e fiquei abanando os ovos como quem abana um boxeador no 10° round.

Olhei para meu pinto. Ele estava tão alegrinho minutos atrás, agora estava tão pequeno e murcho que mais parecia que eu tinha saído de uma piscina 5 graus abaixo de zero. Nesse momento minha esposa bateu na porta do banheiro e perguntou o que estava acontecendo. Aquela voz antes aveludada agora soava maquiavélica como a voz de um carrasco mandando eu entregar o presidente da revolução. Saí do banheiro e voltei para o quarto. A maldita argumentava que os pelos tinham saído pelas raízes, que demorariam voltar a nascer.

– “Pela espessura da pele do meu saco, meus netos irão nascer sem pelos nos ovos” – Respondi. Ela pediu para olhar como estavam. Eu falei para olhar com meio metro de distância e sem tocar em nada!! Vesti a camiseta e fui dormir (somente de camiseta). Naquele momento sexo para mim seria somente para perpetuar a espécie humana, aliás, nem isso.

No outro dia pela manhã fui me arrumar para ir trabalhar. Os ovos estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca antes visitados. Tentei colocar a cueca, mas nada feito. Procurei alguma cueca de veludo e nada. Então vesti a calça mais folgada que achei no armário e fui trabalhar sem cueca mesmo. Entrei na minha seção andando igual um cowboy cagado. Falei bom dia para todos, mas sem olhar nos olhos. E passei o dia inteiro trabalhando em pé com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Resultado: Certas coisas devem ser feitas somente pelas mulheres. Não adianta tentar misturar os universos masculino e feminino.

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , | 10 Comments »

Tempo verbal

Posted by Meerstempel Badist em 2, dezembro, 2008

A professora para o Joãozinho:

– Joãozinho, qual o tempo verbal da frase: ‘Isso não podia ter acontecido’?
– Preservativo imperfeito, professora!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Compatibilidade de Gênios

Posted by ulires em 1, dezembro, 2008

Enviada por Ellen Salvador, de Iúna/ES

A mulher resolveu se separar do marido.
O juiz perguntou qual seria a principal razão para essa separação:
– Compatibilidade de gênios.

O juiz estranhou:
– A senhora deve estar querendo dizer ‘incompatibilidade de gênios’…

– Não, não. É compatibilidade mesmo!
– Eu gosto de passear, meu marido também gosta.
– Eu gosto de ir ao cinema, ele também gosta.

– Eu gosto de pizza aos sábados, ele também gosta.
– Eu gosto do São Paulo, ele também gosta!

– Eu gosto de homem, ele também gosta, aliás ADORA!!!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , | 3 Comments »