Risadas :]

Para a sua diversão

Posts Tagged ‘Marido’

Corno Complexado

Posted by Marcelo Malta em 6, maio, 2009

É um sujeito que volta do trabalho, abre a porta da cozinha e encontra a mulher de quatro limpando o chão… e ela está vestida apenas com um avental!
A vista do traseiro nu balançando o deixa excitado e ele não tem dúvida:
abaixa a calça e a possui ali mesmo!
Depois de alguns minutos, ele explode num orgasmo mas, em seguida, dá uma surra na mulher.
Ela fica revoltada:
– Mas o que foi? Tá maluco? Eu fico aqui pronta para satisfazer tuas fantasias, te deixo me comer sem falar nada e você ainda vem me surrar?
Posso saber porque estou apanhando?
O marido a olha com ar zangado e responde:
– É que você nem se virou para ver quem era!!

——————————————–
Mais piadas em Muito pelo contrário

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , | 6 Comments »

Problema seu, problema nosso

Posted by Meerstempel Badist em 24, fevereiro, 2009

Marido chega preocupado em casa e diz  à esposa:
-Tenho um problema no serviço.

Esposa:- Não diga tenho um problema, diga temos um problema, porque os teus problemas são meus também.

Marido:- Tá bem, temos um problema no serviço, a nossa secretária vai ter um filho nosso.

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Compatibilidade de Gênios

Posted by ulires em 1, dezembro, 2008

Enviada por Ellen Salvador, de Iúna/ES

A mulher resolveu se separar do marido.
O juiz perguntou qual seria a principal razão para essa separação:
– Compatibilidade de gênios.

O juiz estranhou:
– A senhora deve estar querendo dizer ‘incompatibilidade de gênios’…

– Não, não. É compatibilidade mesmo!
– Eu gosto de passear, meu marido também gosta.
– Eu gosto de ir ao cinema, ele também gosta.

– Eu gosto de pizza aos sábados, ele também gosta.
– Eu gosto do São Paulo, ele também gosta!

– Eu gosto de homem, ele também gosta, aliás ADORA!!!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , | 3 Comments »

Duas Mortas conversavam…

Posted by Meerstempel Badist em 15, novembro, 2008

– Como você morreu?

– Morri congelada.

– Ai que horror! Deve ter sido horrível! Como é morrer congelada?

– Bom, no começo é muito ruim: primeiro são os arrepios, depois as dores nos dedos das mãos e dos pés, tudo congelando… Mas, depois veio um sono muitoforte e eu perdi a consciência. E você, como morreu?

– Eu?… Morri de ataque cardíaco. Eu estava desconfiada que meu marido estivesse me traindo. Então, um dia cheguei em casa mais cedo, corri até ao quarto e ele estava na cama, calmamente assistindo televisão. Ainda desconfiada, corri até o porão para ver se encontrava alguma mulher escondida, mas não encontrei ninguém. Depois, corri até o segundo andar, mas também não vi ninguém. Então, subi até o sótão e, ao subir as escadas, esbaforida, tive um ataque cardíaco e… caí morta.

– Puxa que pena… Se você tivesse procurado no freezer, nós duas estaríamos vivas!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Banho diferente

Posted by Meerstempel Badist em 14, julho, 2008

O sujeito estava tomando banho e ao lavar a região genital ficou excitado e começou a se masturbar, sem se dar conta de que havia esquecido a porta destrancada. De repente a sua mulher entra e o pega em flagrante.

– Genésio! – exclama ela, indignada.

E ele, com ar de cínico, fala:
– Querida… Você não morre tão cedo!!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

Carregando o caixão

Posted by Meerstempel Badist em 9, abril, 2008

Uma cerimônia funerária estava sendo realizada para uma mulher que havia acabado de falecer. Ao final da cerimônia, os carregadores estavam levando o caixão para fora, quando, acidentalmente, bateram numa parede, deixando o caixão cair. Eles escutaram um fraco lamento. Abriram o caixão e descobriram que a mulher ainda estava viva!
Ela viveu por mais dez anos e, então, morreu. Mais uma vez uma cerimônia foi realizada e, ao final dela, os carregadores estavam novamente levando o caixão. Quando eles se aproximaram da porta, o marido gritou:
– Cuidado com a parede!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

Comprando sapatos

Posted by Meerstempel Badist em 26, março, 2008

O marido vaidoso compra um sapato novo.
Chega em casa e fica andando pra lá e pra cá e nada da mulher perceber sua nova aquisição.
Para chamar a atenção ele resolve tirar toda roupa.
Completamente nú, ele aparece novamente andando pra lá e pra cá.
A mulher finalmente pergunta:
– Ficou doido?
O que você faz andando pra lá e pra cá, com esse pinto pendurado à mostra?
O marido aproveita a oportunidade e responde:
– É que ele está olhando para o meu sapato novo.
E ela retruca:
– Por que você não comprou um chapéu?

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

Mandioca

Posted by Marcelo Malta em 6, março, 2008

Duas comadres conversavam enquanto preparavam mandioca para o almoço:
– Sabe comadre – observou a primeira. – Quando eu vejo essa mandioca, lembro-me do meu falecido marido.
– Nossa, comadre! – espantou-se a outra. – Era assim grossa?
– Não… era assim suja!

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »

Amante no armário

Posted by Marcelo Malta em 19, fevereiro, 2008

A mulher recebe o amante em casa enquanto o marido trabalha. Seu filho de nove anos chega da escola mais cedo, vê os dois juntos e se esconde no armário do quarto para espiar.
O marido também volta para casa inesperadamente e a mulher resolve esconder o amante no armário, sem perceber que o filho já estava lá.

O menininho diz:
– Ta escuro aqui.
O amante responde:
– É… Tá mesmo.
– Eu tenho uma bola de beisebol.
– Legal.
– Quer comprar?
– Não, obrigado.
– Meu pai está lá fora.
– Ok, quanto?
– Duzentos reais.

Algumas semanas depois, lá estão o garoto e o amante presos no armário novamente.
– Tá escuro aqui.
– É… Tá mesmo.
– Eu tenho uma luva de beisebol.

O amante, se lembrando da última vez, pergunta ao garoto:
– Quanto é?
– setecentos reais.
– Feito!

Dias depois, o pai diz ao garoto:

– Pegue a sua luva e a sua bola de Beisebol, vamos lá no quintal para eu te ensinar como se joga.

O menino responde:
– Não posso, vendi a luva e a bola…
– Por quanto você vendeu?
– Novecentos reais, responde o menino.

O pai, horrorizado, diz ao menino que isso não se faz, cobrar tanto de seus amiguinhos por coisas que custam barato. E leva o filho à igreja para que confesse para o padre.

Chegando lá, o pai leva o menino ao confessionário e fecha a porta.

O menino diz:
– Tá escuro aqui…
O padre responde:
– Nem vem! Eu não vou comprar mais porra nenhuma.

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »