Risadas :]

Para a sua diversão

Posts Tagged ‘Velhinha’

Exercícios

Posted by Meerstempel Badist em 6, outubro, 2008

1) Minha avó começou a andar 5 km por dia aos 60 anos. Hoje ela tem 97 e ninguém sabe onde ela está.

2) Me inscrevi numa academia no ano passado e não perdi um quilo sequer… Parece que é preciso participar das atividades…

3) Tenho que fazer exercícios de manhã, antes que meu cérebro perceba o que estou fazendo.

4) Não faço nenhum exercício. Se Deus quisesse que tocássemos nossos dedos do pé ele os teria colocado mais alto no corpo.

5) Gosto das longas caminhadas, principalmente quando feitas por pessoas que me aborrecem.

6) A vantagem de fazer exercícios todo dia é que você vai morrer com boa saúde.

7) Eu não corro porque derruba o gelo do copo.

8) Tartaruga não faz nada, anda bem devagar e dura 200 anos…

Posted in Textos Engraçados | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

A onda pegou a velhinha

Posted by Meerstempel Badist em 2, abril, 2008

Um casal idoso estava num cruzeiro e o tempo estava tempestuoso. Eles estavam sentados na proa do navio, olhando a lua, quando uma onda veio e carregou a velha senhora. Procuraram por ela durante dias, mas não conseguiram encontrá-la. O capitão enviou o velho senhor para terra, com a promessa de que o notificaria assim que encontrasse alguma coisa. Três semanas se passaram e finalmente ele recebeu um fax do navio. Ele leu:

“Senhor: lamento informar que encontramos o corpo de sua esposa no fundo do mar. Nós a içamos para o deck e, presa a ela, havia uma ostra. Dentro da ostra havia uma pérola que deve valer U$50.000,00. Por favor, diga-nos o que fazer.”

O velho homem respondeu:
“Mande-me a pérola e atire de novo a isca.”

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Velhinha contrabandista

Posted by Meerstempel Badist em 1, abril, 2008

Era uma vez uma velhinha que sabia andar de moto.  Todo dia ela passava pela fronteira montada na motocicleta, com um bruta saco atrás. O pessoal da alfândega (tudo malandro velho…) começou a desconfiar da velhinha. Um dia, quando ela vinha na moto com o saco atrás, o fiscal da alfândega mandou ela parar. A velhinha parou e então o fiscal perguntou assim para ela:

– Escuta aqui, vovozinha, a senhora passa todo dia por aqui, com esse saco aí atrás. Que diabo a senhora leva nesse saco?
A velhinha sorriu com os poucos dentes que lhe restavam e mais os outros, que ela adquirira no odontólogo, respondeu:
– É areia!

Aí quem sorriu foi o fiscal. Achou que não era areia nenhuma e mandou a velhinha saltar da moto para examinar o saco. A velhinha saltou, o fiscal esvaziou o saco e dentro só tinha areia. Muito encabulado, ordenou a velhinha que fosse em frente. Ela montou na moto e foi embora, com o saco de areia atrás.

Mas o fiscal ficou mais desconfiado ainda. Talvez a velhinha passasse um dia com areia e no outro com muamba, dentro daquele maldito saco.

No dia seguinte, quando ela passou na moto com o saco atrás, o fiscal mandou parar outra vez. Perguntou o que ela levava no saco e ela respondeu que era “areia, uai!”. O fiscal examinou e era areia mesmo. Durante um mês seguido o fiscal interceptou a velhinha e, todas as vezes, o que ela levava no saco era areia. Diz que foi aí que o fiscal se chateou:

– Olha, vovozinha, eu sou fiscal da alfândega há mais de 40 anos. Manjo essa coisa de contrabando pra burro. Ninguém me tira da cabeça que a senhora é contrabandista.
– Mas no saco só tem areia! – Insistiu a velhinha.
Ela já ia tocar a moto, quando o fiscal propôs:
– Eu prometo à senhora que deixo a senhora passar. Não dou parte, não apreendo, não conto nada a ninguém, mas a senhora vai me dizer: qual o contrabando que a senhora está passando aqui todos os dias?

– O senhor promete que não ‘espáia’? Quis saber a velhinha.
– Juro! Respondeu o fiscal.
– Eu levo moto.

Posted in Piadas | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »